sexta-feira, 17 de abril de 2009

Arre, égua!

Eu tenho um medo fenomenal de pessoas que não sabem dizer "não sei". Então, fica o apelo hardcore: não sabedores do universo, vinde a mim; eu vos procuro desesperadamente.

Sério, saudade das pessoas simplesmente não sabendo as coisas, em vez de demonstrar toda a sua erudição em discursos absolutamente furados. Ou pior: neguinho achando o máximo discursos bonitinhos, mas cheios daquela pizza estragada da semana passada por dentro, sabe?

Não é mais que eu quero; é menos, bem menos.