terça-feira, 5 de maio de 2009

De onde vêm os bebês?


Sabe aquela história surreal de cegonhas e sementinhas? Então, esqueça. A onda agora é falar a real pra criançada, e mais: falar sobre concepção alternativa. Ao menos é nisso que acredita a escritora australiana Narelle Wickham, autora do recém-lançado Where did I really come from?.

Em seu livro, voltado para crianças a partir dos 2 anos, a escritora aborda homossexualidade e inseminação artificial, pois acredita que "se os pais são abertos com os filhos desde o começo, é bom para o conceito de que os pais são honestos e confiáveis". No entanto, nem todos concordam com a ideia: grupos conservadores australianos dizem que tal literatura não passa de "uma forma de promover o que não é normal". A notícia é da BBC Brasil.

No censo de 2001 realizado pelo Australian Bureau of Statistics, o número de casais homossexuais declarados na Austrália era de aproximadamente 40 mil.