terça-feira, 27 de abril de 2010

Soy contra.

Dilma disse ter certeza de que os camaradas caminhoneiros não permitirão a volta da política da roda presa. Ok, mas contra a política da língua presa, ninguém se manifesta?