terça-feira, 22 de junho de 2010

Em busca da dignidade perdida.

Eu sempre me sinto naquela música do Lucio Barbosa [drama] ao ter que recorrer à locadora ou ao cinema para assistir com alguma decência aos filmes que eu legendei. Se alguém souber do paradeiro de minha dignidade (viva ou morta), mande notícias, por favor. Paga-se recompensa. (Ruim, a saber.)