sábado, 4 de junho de 2011

Morrer e não ter a vergonha de ser feliz.

Então venho aqui levantar uma questão de suma importância: você está preparado para morrer vítima de um caso de comoção nacional sem ser postumamente achincalhado a cara larga por ex-colegas e desafetos em geral por conta da foto patética que sua mãe escolheu veicular na mídia?

Vendo o álbum imponente com as fotos “mais legais da família” que a senhora minha genitora montou, este assunto tem tomado cada mínimo segundo de minha existência. Notas imediatas: 1. preparar um arquivo com três ou quatro fotos sóbrias e discretas e nomear MEDEUMAMORTEDIGNAMAE.JPEG; 2. gravar em CD e distribuir uma cópia a cada familiar e amigo próximo.